institucional | cartão fidelidade | Convênios | Encarte | R. Humanos | RELACIONAMENTO | nossas lojas
Você sabe qual é o Kit para Ciclista?
Data de Publicação 27.01.2012 às 09:47
Saiba tudo a respeito de fazer uma bom exercício com a bicicleta sem prejudicar sua saúde.

Kit do ciclista
- Garrafa de água: Garante a hidratação durante a atividade, pois repõe o líquido perdido pelo suor
- Capacete: Escolha um capacete de cor clara e tenha certeza de que ele se ajusta adequadamente à sua cabeça
- Filtro solar: Durante o dia, independente do horário, use filtro solar no rosto e nas demais partes do corpo expostas à radiação solar
- Luvas: Muita gente desconsidera as luvas, mas, quando há uma queda, a primeira parte que toca o chão costuma ser a mão. As luvas são importantes também para evitar a formação de bolhas e calos. Recomendam-se aquelas que deixam as pontas dos dedos para fora, porque facilitam a mobilidade, e as que têm acolchoamento no centro da mão
- Óculos escuros: Evitam a cegueira instantânea, no caso de olhar diretamente para o sol. Eles protegem a visão e facilitam a direção. Se você usa óculos de grau normalmente, deve colocá-los também durante a pedalada
- Silicone protetor: É uma substância que ajuda a proteger o períneo de traumas repetitivos. Pode vir acoplado a um calção ou no selim da bicicleta. Prevenir lesões nessa região com o uso do silicone até protege contra ejaculação precoce.

Itens de segurança e kit de manutenção
Os itens de segurança obrigatórios para quem anda de bicicleta são: campainha (buzina), sinalização noturna dianteira, lateral, traseira e nos pedais, e retrovisor do lado esquerdo.
É recomendado, ainda, ter um estojo de primeiros socorros, uma bomba para encher os pneus, um kit remendo com espátulas, um óleo lubrificante (tipo 40) e um canivete com chaves de ajuste.

Roupa ideal
Use uma bermuda confortável, mas justa o suficiente para não permitir dobras ou sobras de tecido que irritem a pele. Para uma proteção extra, escolha tecidos com preenchimento, para absorver melhor o suor, e com silicone, para proteger a região do períneo.
Crianças
No caso das crianças, o equilíbrio ainda está se desenvolvendo. Quem ensina um menor a pedalar, portanto, pode pôr rodinhas na bicicleta ou segurar no banco, soltando e voltando a segurar. Não é indicado colocar a criança numa ciclofaixa, junto dos adultos. O ideal é praticar em um estacionamento ou outro lugar mais seguro.

Bicicleta e exercício de força
Não basta pedalar: os médicos sugerem que a bicicleta – por sua caracterísica aeróbica – seja combinada com um exercício de força, como a musculação. Sem os músculos da perna fotalecidos, você sente fadiga rápido, perde potência na atividade e corre mais risco de sofrer uma lesão.

Cuidados 
- Ao pedalar à noite, use roupas claras e reluzentes e tenha uma luz traseira (flash) conectada à sua bicicleta ou cinto, para que você seja visto a distância
- Fique atento a outros ciclistas e obstáculos como tampas de bueiros, óleo, areia e pedras na pista
- Não use fones de ouvido, que podem bloquear sons que você precisa ouvir para guiar a bicicleta defensivamente.

Como funcionam os biorreceptores
Quando começamos a pedalar, os músculos da perna sentem o movimento repetido e ativam células chamadas de "biosensores", que ficam espalhadas pelo corpo.
Essas células mandam um sinal para o cérebro, avisando que estamos começando um exercício e que o corpo precisa de energia.
O cérebro dá a ordem para que a respiração fique mais acelerada e profunda, o que faz entrar mais oxigênio nos pulmões e no sangue.
O coração também tem que trabalhar mais intensamente: a frequência cardíaca aumenta para bombear mais sangue, espalhando energia para os músculos que estão trabalhando naquele momento.



Fonte
G1

QUER RECEBER MAIS DICAS ?   CURTA A NOSSA PAGINA !



veja outras noticias...




Formas de Pagamento
Redes Sociais
  
ITDStudio.com Web System e Design - © Copyright 2011 - All Right Reserved