institucional | cartão fidelidade | Convênios | Encarte | R. Humanos | RELACIONAMENTO | nossas lojas
Excesso de suor pode atrapalhar o dia a dia; veja dicas para controlar
Data de Publicação 31.01.2013 às 11:36

O suor tem como principal função controlar a temperatura do corpo, porém em alguns casos, a pessoa costuma suar mais do que o necessário, o que pode atrapalhar as atividades do dia a dia e até mesmo causar constrangimento. Essa desordem, chamada de hiper-hidrose, acontece geralmente nas mãos, axilas e pés, mas pode também se manifestar na face e couro cabeludo, como explicou o cirurgião torácico José Ribas Milanez no Bem Estar .

Crianças geralmente têm o suor diferente de adolescentes e adultos. Na infância, o líquido liberado pelo organismo é composto apenas por água e sal e não tem cheiro; já na adolescência e na fase adulta, o suor tem outras substâncias que servem de alimento para fungos e bactérias, causando o odor. Se for em excesso, esse mau cheiro pode prejudicar a qualidade de vida.

Suor (Foto: Arte/G1)

Para tratar o suor excessivo, existem algumas opções, entre elas a cirurgia. Chamada de simpatectomia, essa operação faz duas incisões pequenas na axila e embaixo do peito, para cortar parte do nervo que envia informações para as glândulas sudoríparas. Apesar de melhorar muito a qualidade de vida do paciente, esse procedimento oferece o risco do suor começar a aparecer em outra parte do corpo.

Há também a opção de tratamento com medicamentos a base de anticolinérgicos, que atuam como controladores do sistema nervoso, e também com a toxina botulínica. Essa técnica aplicada nas axilas pode durar até um ano, mas custa caro. Cada aplicação custa, em média, R$ 2 mil, mas segundo a dermatologista Márcia Purcelli, os resultados costumam ser satisfatórios.

As axilas, inclusive, são regiões extremamente abafadas que costumam suar muito e também exalar mau cheiro. Isso acontece porque essas regiões de dobra do corpo favorecem a proliferação de bactérias causadoras do odor. As mãos, por exemplo, que não ficam abafadas, suam mas não exalam nenhum cheiro.

Existem, inclusive, alimentos que pioram o cheiro do suor. Curry, pimentas, alho, cebola e álcool alteram a textura do líquido e passam seu odor para a pele. Além da pimenta, qualquer condimento mais forte também estimula a sudorese porque favorece a liberação de adrenalina e aumenta a temperatura corporal. Como resposta, o organismo sua para manter o controle do calor no corpo. Por isso, pessoas que sofrem com o excesso de sudorese devem evitar esses alimentos e as bebidas alcoólicas.

Como medida de evitar o mau cheiro, existem os desodorantes e antitranspirantes. Segundo a química Sueli Cagliari, o desodorante tem a função de controlar a ação das bactérias, enquanto os antitranspirantes, além de agirem contra as bactérias, controlam também o suor. Para evitar manchas nas roupas, ela recomenda que eles não sejam aplicados em excesso e que a pessoa espere o produto secar antes de se vestir.



Fonte
Bem Estar

QUER RECEBER MAIS DICAS ?   CURTA A NOSSA PAGINA !



veja outras noticias...

As informações contidas neste site não devem ser usadas para automedicação e não substituem, em nenhuma hipótese, a medicação prescrita pelo profissional da área médica. Somente o médico está em condições de diagnosticar qualquer problema de saúde e prescrever o tratamento adequado.




Formas de Pagamento
Redes Sociais
  
ITDStudio.com Web System e Design - © Copyright 2011 - All Right Reserved