institucional | cartão fidelidade | Convênios | Encarte | R. Humanos | RELACIONAMENTO | nossas lojas
OMS divulga novas orientações para consumo diário de sal e potássio
Data de Publicação 02.02.2013 às 09:05

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou novas orientações para que adultos consumam menos sal e incluam uma quantidade mínima de potássio em suas dietas diárias, na tentativa de reduzir o risco de doenças cardíacas e derrames cerebrais.

"Os adultos deveriam consumir menos de 2 gramas de sódio – ou menos de 5 gramas de sal – e pelo menos 3,51 gramas de potássio por dia", disse a agência em comunicado. Isso equivale a menos de uma colher de chá rasa de sal ou cinco pacotinhos daqueles servidos em restaurantes, já que cada um contém 1 grama.

Anteriormente, a OMS havia recomendado 2 gramas de sódio, mas as novas orientações acrescentam as palavras "menos de", disse o porta-voz da organização, Gregory Hartl, à Reuters.

Sódio (Foto: Arte/G1)

A OMS também divulgou suas primeiras indicações para a ingestão de sódio e sal por crianças, dependendo do tamanho, da idade e da necessidades energéticas delas. Essas medidadas se aplicam a crianças com mais de 2 anos de idade.

O sódio, encontrado naturalmente em alimentos como laticínios e ovos, está presente "em quantidades bem maiores nos produtos processados", como pão, carnes como bacon, refrigerantes, salgadinhos, doces, massas instantâneas, sopas, caldos em cubos e condimentos como molho de soja, disse a OMS.

Uma pessoa com níveis elevados de sódio ou baixos de potássio pode desenvolver pressão alta, fator que aumenta o risco de doenças cardíacas e derrames, as duas principais causas de morte e incapacidade no mundo, segundo o diretor do Departamento de Nutrição para Saúde e Desenvolvimento da OMS, doutor Francesco Branca.

Substitua o sal
Os médicos sugerem que as pessoas percam o hábito de ter o saleiro sempre à mesa e comecem a substituir o sal por temperos naturais, como cebola, alho, salsinha, cebolinha, orégano, hortelã, limão, manjericão, coentro e cominho, entre outros.

É bom evitar também carnes muito salgadas, como bacalhau, charque, carne-seca e defumados. Outra recomendação é sempre experimentar a comida antes de pôr sal, para ver se está adequada ao seu gosto. Além disso, aos poucos, o paladar se acostuma com menos sal na alimentação.

Sal (Foto: Arte/G1)


Fonte
Bem Estar

QUER RECEBER MAIS DICAS ?   CURTA A NOSSA PAGINA !



veja outras noticias...




Formas de Pagamento
Redes Sociais
  
ITDStudio.com Web System e Design - © Copyright 2011 - All Right Reserved